sexta-feira, março 31, 2006

Mas PQ???

Pq é q, chegados a uma certa idade, TDS os homens deixam de ter a cintura no lugar certo??? Se nunca repararam, vejam com olhos de ver! Eles estão por todo o lado: autocarros, bancos de jardim, filas da Segurança Social…e não há nenhum que não tenha as calças no pescoço! Será genético? Ou degenerativo?

EU VOU:

quinta-feira, março 30, 2006

Envelhecer é:

Ir ao Lux e n passar da Coca-Cola.

Para o fds, o chefe recomenda:




Happening :Pillow Fight


dia 1 de Abril (curiosamente dia das mentiras), tudo ao Rossio! Nos curtos 10 minutos entre as 15h e as 15h10m vai andar tudo à almofadada! Neste dia, esqueçam os livros e as carteiras e saiam de casa com a vossa almofada debaixo do braço (dá sempre jeito). Cheguem a horas, terminem a horas e continuem o vosso dia com normalidade, como se nada de estranho tivesse acontecido. Uma boa oportunidade para afogarem o stress dos últimos dias, para treinarem a vossa pontaria e porem em prática uma óptima terapia de relaxamento. Tragam um amigo, amante, confidente, inimigo ou o fiscal da EMEL e lutem apaixonadamente. Só não vale é bater nos velhinhos!

ROSSIO, dia 1 de Abril@15h00

In www.lecool.com


quarta-feira, março 29, 2006

Perdeu-se bom humor. Última vez visto no domingo à noite.

Dão-se alvíssaras.

No primeiro de Abril, que tal esquecer as mentiras e tornar verdade aquele sonho antigo de ter um animal de estimação? Para isso basta passar no Feira Nova de Sintra (no Retail Park, IC-19), entre as 10 e as 20 horas, onde a Associação SOS Animal promove uma campanha de adopção. Se a desculpa for a falta de espaço em casa, passem no supermercado, encham o carrinho com mantas, ração, desparasitantes entre outros bens essenciais e deixem-nos aos cuidados dos membros desta associação. Façam com que este dia até lhes pareça mentira!

 

Estendes a mão

Mas ninguém te vê.

Ocupados

[que estamos]

Em levar o garfo à boca

No almoço estrangulado

P’lo tempo.

Estendes a mão

Mas as nossas

Permanecem coladas aos talheres

Sem intenções

De trocá-los

P’lo que desejas.

Estás tão perto.

Mas n lhe tocas.

Continuas, de mão estendida

À espera

Da caridade

Que não chega.

E assim mesmo, tu estendes a mão.

terça-feira, março 28, 2006

Presa por ter cão e presa por n ter. Eu sabia que me devia ter antes rendido aos gatos.

ABSOLUT BENFICA:

Vestida a preceito, ela ajeita o cachecol enqto estuda o percurso na linha encarnada…

Ironias subliminares:

Pq é que, se o SCP tem direito a uma linha de metro em tom a preceito, o SLB está colocado na linha azul? Com daltonismos destes, como é que podemos andar na linha?

Shoe Policy:

Desperate Housewives:



As poses de Nívea Stellman divulgadas na capa da VIP são concorrência desleal. Face a isto, como é que pode uma simples dona-de-casa sair orgulhosamente à rua, de rolos na cabeça, para fazer o avio mensal na mercearia da esquina? Se a moda pega, o LIDL e o Mini-Preço vão encher-se de quarentonas over-sized envergando orgulhosamente as varizes nos seus shorts 10 tamanhos abaixo.



Em terra de Euromilinonários...

Quem tem totoloto é rei! Depois não digam que não avisei!;)

 

Telemoveldependência é isto:

Ontem sobrevivi a um “quase assalto”. No meio do susto, só consegui pensar: caramba, lá vou ficar novamente sem os contactos todos!

É p'ra amanhã:

E só n “faço hj” pq ele n quer. Ele, entenda-se o senhor One Man Show, Tiger Man himself. Por isso mesmo, deixo “p´ra amanhã”, às 23h00, no Lux.

segunda-feira, março 27, 2006

Achado n é roubado:

"open-space" = peep-show organizacional

 

In Cabecinha da minha dilecta irmã

É hoje!

sexta-feira, março 24, 2006

Friday´s Motto:

A única coisa que me faz sobreviver às sextas-feiras é pensar que amanhã há menos.

Previsão Meteorológica:

Saiba aqui o tempo que nos espera amanhã.

O Circo da Vida:

quinta-feira, março 23, 2006

ESTOU PELOS CABELOS:

Pq é que com tempo de país nórdico e chuva de monção, o meu cabelo insiste num desajuste meteorológico de cabeleira estilo afro?

quarta-feira, março 22, 2006

Raindrops:

Hoje choveste-me na alma.

[E eu abri a boca como a querer sorver-te por inteiro]

Bree in a Bottle:

Depois do sucesso da série, eis que as Desperate Housewives surgem em versão perfumada. Já estou a imaginar a situação:

 

-Hummmm, cheiras tão bem.

-É o novo perfume das desperate housewives.

-AH! Bem me pareceu q estava a reconhecer este cheirinho a refogado!

Calou-se uma das míticas vozes que fazem parte do meu quotidiano. E é tão estranho que o silêncio de José Ramos jaza para sempre aqui mesmo ao lado, no Cemitério dos Olivais.

terça-feira, março 21, 2006

Feeling of the day:



Dia Mundial da Poesia:

Chegou a Primavera.

[Haverá melhor poema?]

O 4º segredo de Fátima:

Depois do nosso amigo Borga(s), chega agora o cd com as canções da Irmã Lúcia. Segundo o texto promocional, esta é uma oportunidade de escutar “quem falou com a Nossa Senhora num inédito e exclusivo CD de áudio (…) que apresenta uma recolha de canções interpretadas pela Irmã Lúcia em 1980 e dá a conhecer um pouco da vida no Carmelo”.

 

Aqui fica uma amostra destas pérolas musicais:

PINTAINHOS DE OURO

1) Pintainhos de ouro, cauda de abanico,
vão ao bebedouro, temperar o bico.

2) E a galinha ri-se, a de asa derribada,
toda se derriça, de se ver folgada.

3) Lampeirinho, o galo, todo chocalheiro,
cantando alegre, sai do seu poleiro.

4) E a dona da casa, toda atarefada,
recolhendo os ovos, na grande cestada.

5) Polhinhos alegres, como em revoada,
chilriando comem, a bela fritada.

6) Anda o galão, como em redor,
guarda-fiscal da sua prole.

 

Haiku de Primavera:

haru nare ya na mo naki yama no asagasumi*

 

*Já é primavera —
Uma colina sem nome
Sob a névoa da manhã.

Bashô

segunda-feira, março 20, 2006

Q FEIST!!!

 Isto é que são boas notícias:

 

Feist edita álbum de remisturas

 

 

Também conhecida pelo trabalho com os Broken Social Scene, Leslie Feist conheceu uma maior exposição através de singles como «Gatekeeper» e «Mushaboom», preparando-se agora para editar um disco de remisturas.

 

O registo, intitulado “Open Season”, reúne várias remisturas já editadas como lados B de singles. Entretanto, as sessões para o sucessor de «Let it Die», de 2004, decorrem entre Berlim e Paris, sendo possível a edição de um novo trabalho no final de 2006.

 

Para o novo trabalho, a cantora anunciou alguns títulos de temas, como são o caso de «Intuition», «Anti-Pioneer» e «Brandy Alexander» co-escrito com Ron Sexsmith.

 

Entre os colaboradores no novo disco encontram-se Gonzales, Mocky, Jamie Lidell e Renault LeTang.

 

Fonte: Diário Digital

Boletim Metereológico:

Estou de chuva. É favor voltar mais tarde.

sexta-feira, março 17, 2006

OST:

Face ao dia de hoje, esta é a única banda sonora possível aqui na agência:

 

Changes
David Bowie

I still don't know what I was waiting for
And my time was running wild
A million dead-end streets
Every time I thought I'd got it made
It seemed the taste was not so sweet
So I turned myself to face me
But I've never caught a glimpse
Of how the others must see the faker
I'm much too fast to take that test

Ch-ch-ch-ch-Changes
(Turn and face the strain)
Ch-ch-Changes
Don't want to be a richer man
Ch-ch-ch-ch-Changes
(Turn and face the strain)
Ch-ch-Changes
Just gonna have to be a different man
Time may change me
But I can't trace time


I watch the ripples change their size
But never leave the stream
Of warm impermanence and
So the days float through my eyes
But still the days seem the same
And these children that you spit on
As they try to change their worlds
Are immune to your consultations
They're quite aware of what they're going through

Ch-ch-ch-ch-Changes
(Turn and face the strain)
Ch-ch-Changes
Don't tell t hem to grow up and out of it
Ch-ch-ch-ch-Changes
(Turn and face the strain)
Ch-ch-Changes
Where's your shame
You've left us up to our necks in it
Time may change me
But you can't trace time

Strange fascination, fascinating me
Changes are taking the pace I'm going through

Ch-ch-ch-ch-Changes
(Turn and face the strain)
Ch-ch-Changes
Oh, look out you rock 'n rollers
Ch-ch-ch-ch-Changes
(Turn and face the strain)
Ch-ch-Changes
Pretty soon you're gonna get a little older
Time may change me
But I can't trace time
I said that time may change me
But I can't trace time

Estar ligado à "Radar"...

É ter a “Cornflake Girl” a dar cor ao cinzento desta manhã!

Apanhado no ar:

Os nossos santos não se cruzam.

[AH, mas se o fizessem, que grande arraial!]

quinta-feira, março 16, 2006

Smelly Cat

É já para a semana que eles estão de volta:

 

Programa Gato Fedorento estreia na RTP1 a 24 de Março


A estreia dos Gato Fedorento na grelha da RTP1 está agendada para o próximo dia 24 de Março, sexta-feira, às 21h00. Com uma duração de cerca de 25 minutos, este primeiro programa marcará o início ‘oficial’ da colaboração do quarteto de humoristas com o canal de serviço público, depois de terem decidido abandonar a antena da SIC Radical no passado Verão.

À semelhança do que acontecera na estação de Carnaxide, a nova série de programas de humor dos Gato Fedorento adopta um ‘nome artístico’ como fio condutor dos 13 episódios semanais agendados, tendo desta feita a escolha recaído sobre o apelido Lopes da Silva.

 

In Meios e Publicidade

quarta-feira, março 15, 2006

How Cool is that?
















Vale SMP a pena ler a LeCool. Mas a desta semana ainda traz esta capa de brinde. Pq? Saibam mais, aqui.

Pq o q conta é o q n se vê:

Coisas pequenas são
coisas pequenas
são tudo o que eu te quero dar
e estas palavras são
coisas pequenas
que dizem que eu te quero amar.

Amar, amar, amar
só vale a pena
se tu quiseres confirmar
que um grande amor não é
coisa pequena
que nada é maior que amar.

E a hora
que te espreita
é só tua.
Decerto, nao será
só a que resta;
a hora
que esperei a vida toda,
é esta.

E a hora
que te espreita
é derradeira.
Decerto já bateu
à tua porta.
A hora
que esperaste a vida inteira,
é agora

 

Madredeus

Achado não é roubado:

Sobre a vida de Humorista:

É uma profissão f*dida, é um facto - mas é a melhor, a que sempre sonhei ter (tirando um ligeiro período na infância em que, como toda a gente, considerei seguir a profissão de bombeiro) e estou calejado de todas as chatices que vêm com ela - nomeadamente a velha história da comédia ser uma ciência tão pouco exacta que a mesma piada pode fazer rir o irmão gémeo A e provocar um vómito no irmão gémeo B. Não existe a piada perfeita. Existe o melhor que conseguirmos dar de nós a um texto, e que, neste ofício, pode ser precisamente o pior já aqui mesmo para o nosso vizinho do lado.

By Nuno Markl

It´s good to be on the road back home again

Ontem voltei a sentir-me em casa.

[É bom ter-te de volta]

Confirma-se:

Depois da minha primeira aula de salsa, cheguei à conclusão que tenho a graciosidade de um Travolta da Quarteira.

Dá-me música:

A manhã hoje começou com um sorriso e boa música. Ao visitar a Miss Botõezinhos descubro que a Radar chegou, finalmente, ao ciberespaço. Para usar e abusar aqui!

segunda-feira, março 13, 2006

The March Sessions:


E já só faltam 7 horinhas!

sexta-feira, março 10, 2006

É CONCERTEZA UMA CARRIPANA PORTUGUESA:

Jovem, sempre sonhaste em transformar essa 4 L num versão lusitana do KIT? Gostavas de ter um aquário no teu Ford Fiesta? Uma mesa de ping pong nas traseiras da tua Hiace? Então este anúncio é para ti! O grande êxito internacional do “tuning” versão pop da MTV vai estar “entre nós” no SITCA-Salão Internacional do Tuning e Car Áudio, que decorre na Exponor no fim-de-semana de 18 e 19 de Março.

 

Para seres um dos felizes contemplados, n é preciso ganhares o Euromilhões. Basta inscreveres-te aqui!!!

 

 

Liçoes que nos dá a vida:

Costuma dizer-se que tudo tem uma razão de ser. Nestes últimos dias, acreditei que não. Que nada motivava a dor que foi assistir ao que aconteceu à minha avó. E é verdade que continuo sem descortinar um motivo, mas serviu para aprender uma lição. Aprender, de uma vez por todas, que nada é eterno e que devemos aproveitar em pleno a efemeridade, porque nunca se sabe quanto tempo vai durar. Por isso mesmo, decidi que, doravante, vou passar a viver todos os momentos. Não importa se bons ou maus…o que interessa é que façam sentido.

quinta-feira, março 09, 2006

Sentimento do dia:

Não há melhor reality check do que um dia passado nas urgências do São José.

quarta-feira, março 08, 2006

Regresso:

Regresso de umas férias cheias de revezes e fui apanhada pela crueldade da vida…entre doentes em casa e hospitais, a vida não me deixa tempo para os intervalos da escrita… no meio do caos do presente, a única coisa que parece fazer sentido é uma frase proferida por outra Mulher A Dias que não eu, a minha “menina Deolinda”, que me disse -em jeito de quem afaga a testa – “ninguém tem a saúde na mão”…

>