quinta-feira, abril 06, 2006

Caça às Bruxas

A inquisição já era mas o extremismo dos tempos modernos dita novas formas de perseguição. Ainda há uns dias eram as aves, pobrezinhas, hoje são os downloads. Com as recentes afirmações de soberania da PJ (sim, pq eles têm-tremei!-MEIOS p/descobiri os ilegais q se aventuram a desafiar a lei), instalou-se o medo. Os servidores nacionais do e-mule já fecharam (os mais conhecidos, pq existem outros que, obviamente, n vou aqui mencionar e q, felizmente,ainda permitem ter acesso a esse mundo da corrupção) e n há jornal q n traga a sua noticiazinha diária sobre este novo desporto nacional. Inclusivamente, somos alertados para o facto de q podemos DENUNCIAR cidadãos e cidadãs suspeitos desta prática pecaminosa. Ah, Sta Inquisição que nos dais estas ferramentas para apontar o dedo ao próximo! Já estou a imaginar o comité de vizinhos em assembleia secreta a discutir se irão ou n denunciar o filho do advogado do 3º esquerdo q anda smp com o seu leitor de mp3 atrás! E pq este crime tem q ser detido a todo o custo, o Portugal Diário dá hoje dicas aos progenitores extremosos sobre a melhor forma de se precaverem de albergar um famigerado pirata sob o mm tecto!
 
Face a tanto alarido, deixo-vos com um excerto de uma música do saudoso "Eu Show Nico":
 
"somos piratas
e sem gravatas
Há mais piratas
E com gravatas
mas há quem diga que piratas somos nós!"

0 passaram o espanador

Enviar um comentário

<< Home

>