segunda-feira, janeiro 30, 2006

E acções de bom:

São coisas como esta que nos fazem acreditar que o Natal, afinal, é mesmo “quando um homem quiser”.

0 passaram o espanador

Enviar um comentário

<< Home

>