quarta-feira, setembro 28, 2005

Poesia para levar:

Birdwatching

 

Agora tenho o Verão inteiro pela frente. Agora, não.

Agora é só virar à direita e cheguei a casa. Agora, não.

Agora tenho inveja da rapariga sentada ontem na mesa ao lado. Agora, não.

Agora há de certeza uma saída para isto tudo. Agora, não.

Agora é só mais um copo. Agora, não.

Agora falta pouco para estar tudo bem. Agora, não.

Agora ainda bem que estou aqui. Agora, não.

Agora esta água chega para me matar a sede. Agora não.

Agora tudo será diferente. Agora, não.

Agora há uma razão para tudo o que acontece. Agora, não.

Agora há pelo menos uma certeza na vida. Agora, não.

Agora amanhã será um novo dia. Agora, não.

Agora tenho paciência para estar aqui à espera que as aves regressem.

Agora, não

 

Ana Gomes

 

[E acrescento eu: Agora estou contigo para sempre. Agora, não]

 

 

0 passaram o espanador

Enviar um comentário

<< Home

>