quinta-feira, setembro 22, 2005

Apanhado no ar:

Ao ver o C.S.I (Las Vegas, claro!), deparei-me com a mais perfeita definição da visão de uma discoteca à luz do dia: “é como olhar um caso de uma noite. Não consegues encarar o que antes te deu prazer sem te causar náuseas”.

2 passaram o espanador

Anonymous O Queiroz said...

Discordo! Há discotecas que nos surpreendem pelo melhor quando as conhecemos fora do contexto, tal como as mulheres...

5:09 da tarde  
Blogger Psico_Pata said...

Depende das discotecas, e depende dos casos;)

10:50 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

>