quarta-feira, julho 27, 2005

Vidas Reais:

Às xs pensamos q há histórias q só podiam pertencer às telenovelas…estamos redondamente enganados. Por mais inverosímeis que sejam, as “vidas reais” andam por aí, à espera que nos cruzemos com elas. Vem isto a propósito de um novo conhecimento que os meus pais travaram numa viagem à Tunísia. A minha mãe, que é a melhor RP que conheço, como é seu hábito, meteu conversa com uma das turistas q estavam hospedadas no seu hotel e ficaram imediatamente amigas. A sra em questão é uma espanhola, zaragozana e quarentona, daquelas de cabelo descolorado e qb de maquilhagem. Estava de férias com a filha, uma miúda de 16 anos que se passeava pela Medina tunisina de mini-saia com um pin em que se lia “no me mires el culo”. Duas aves raras, portanto. Só que n era isto q as tornava estranhas. O q me espantou (mais do q a forma como a minha mãe bate continua/ as barreiras linguísticas) foi o facto do pai da tal criatura ter fugido com uma mulher mais nova q conhecera na Internet. Ao ouvir isto, parecia q estava a ver um episódio manhoso dos Morangos com Açúcar, inspirado por uma crise do guionista. Mas n. Aquela gente existe e está algures em Zaragoza…

0 passaram o espanador

Enviar um comentário

<< Home

>